Jané | Todos os produtos para o seu Bebé
Língua:
Carrinho 0
A JANÉ utiliza cookies próprios e de terceiros para fins analíticos, para melhorar os nossos serviços e mostrar-lhe publicidade relacionada com as suas preferências com base nos seus hábitos de navegação. Mais informação Personalizar cookies

Crash Test Research Center

Se os engenheiros de automóveis usam os ensaios de choque para garantir a máxima segurança dos seus ocupantes, por que não fazer o mesmo com as cadeiras infantis? 

Se alguma vez se questionou como fazemos para ter as cadeiras auto mais seguras do mercado, explicamos-lhe aqui todos os nossos segredos.

Um laboratório único

Todas as cadeiras Jané nascem no Jané Crash Test Research Center, o único túnel de choque privado de Espanha para a investigação da segurança infantil.

Como o temos na nossa fábrica de Palau-Solità i Plegamans (Barcelona), podemos usar o Crash Test todas as vezes que considerarmos necessário. Só assim podemos oferecer-lhe as cadeiras mais testadas do mercado e com a homologação mais estrita da Europa.

Os nossos dummies

O que é um dummy?

Nos crash tests que se realizam com os automóveis, utilizam-se bonecos que simulam ser os condutores e acompanhantes. Esses bonecos chamam-se “Dummies” e são os responsáveis por receber todos os impactos necessários para investigar como melhorar a segurança dos ocupantes do automóvel. 

Há dummies com o tamanho e peso dos bebés e das crianças, e são estes que usam os nossos engenheiros no Jané Crash Test Research Center.

A nossa família de dummies

Para testar as cadeiras Jané e garantir a máxima segurança para os seus filhos, usamos dummies de todas as idades. Nós gostamos de lhes chamar “a nossa família de dummies”: um recém-nascido, um bebé de 9 meses, um de 18 meses, outro de 3 anos, um de 6 anos e outro de 12 anos.

Dotados de características humanas

Para que os ensaios de choque sejam o mais parecidos possível com o que aconteceria num choque real, os dummies devem seguir dois critérios básicos: 

  1. Biofidelidade: Que seja o mais parecido em tamanho e peso às crianças da idade que representa
  2. Antropomorfismo: Que os movimentos e as reações do dummy sejam o mais parecidos possível com os de uma criança real.

32 sensores permitem-nos medir o dano produzido em caso de impacto

Os dummies estão equipados com 32 sensores. Estes sensores estão repartidos por quase todo o corpo (cabeça, cervical, peito e pélvis) e, graças a eles, pode-se medir os danos em caso de choque cervical, tensão do cinto, impactos laterais e deslocação vertical.

Back to top
Novo Registo de Conta
O meu carrinho